Como investir na Bolsa de valores

Você alguma vez já se perguntou se a sua renda mensal está sendo capaz de suprir todos os seus gastos ? Seja com as dívidas, compras, e tudo mais… Hoje em dia, grande parte das pessoas já estão a procura de um outra fonte de renda, que não seja o seu trabalho fixo atual.

E como todos sabemos, hoje há uma incrível diversidade de trabalhos que você pode optar, para gerar uma graninha extra ao final do mês, seja com a venda de alguma coisa, realizando os famosos bicos, ou simplesmente, investindo o seu dinheiro.

Há diversas alternativas diferentes de você fazer o seu dinheiro render, seja investindo na poupança (que já deixando claro, rende muito pouco), no tesouro direto, ou no lugar mais conhecido no mundo dos investimentos, que é a bolsa de valores.

O investimento é visto por muitos, como algo extremamente difícil, que requer muito estudo, planejamento e preparação. Apesar disto ser em parte verdade, o investimento na bolsa não é tão difícil quanto parece. Portanto, para que você possa ter algumas dicas a respeito, continue lendo este breve artigo.

O que é e como funciona a Bolsa de valores?

De uma forma mais geral, a Bolsa de valores basicamente se trata de um ambiente no qual se fazem negociações.

Tais negociações, são de ativos, sendo o mais comum deles, a ação, que se trata de uma porcentagem de uma empresa.

Mas além das ações, há também os títulos públicos (dívida mobiliária da União) e commodities (produtos de qualidade e características uniformes).

Ou seja, na Bolsa de valores, que antes era física, mas hoje é totalmente digital, é feito o encontro de pessoas que desejam vender o seus ativos e pessoas que desejam comprar ativos, ambas a procura do melhor negócio.

Na bolsa também, é responsável por efetuar toda a regularização da situação, seja fazendo a compensação, registro e também, a atualização dos papéis.

Uma figura bastante conhecida da bolsa de valores, é pessoas desesperadas com a variação das cotações, que basicamente trata-se dos preços e pontuações, oque já deixando claro, é algo difícil de entender.

Por isso, apesar de investir na Bolsa de valores ser um bom negócio, indicamos que tudo seja feito na presença de um profissional em finanças.

Atualmente, a Bolsa de valores do Brasil é a BM&FBovespa, cujo nome vem da fusão de duas bolsas, sendo elas a BM&F e Bovespa.

A BM&F, mais conhecida como Bolsa de Mercadorias e Futuros, realizava a negociação de commodities.

Já a Bovespa, conhecida como Bolsa de Valores de São Paulo, efetuava a negociação de ações, além de ser responsável pelo pelo índice Bovespa, que media a economia brasileira.

Como investir na Bolsa de valores

Conforme ressaltamos no início deste artigo, para que você possa investir na Bolsa de valores, é necessário primeiramente possuir um planejamento além de preparação.

Portanto, confira a seguir alguns passos que você deve seguir para investir na Bolsa de valores:

  1. Corretora de valores: primeiro de tudo, você deve contratar um corretora de valores, até porque será a mesma quem intermediará o seu contato com a Bolsa de valores.
  2. Transfira o seu dinheiro: despois de ter contratado e ter aberto uma conta na corretora de valores, é hora de transferir o seu dinheiro, assim, quando quiser comprar algum ativo, bastará um clique.
  3. Defina um plano de investimento: com tudo estrategicamente definido, você evitará prejuízos desnecessários, além de que terá maior controle sobre os seus investimentos.
  4. Escolha bons ativos: analisando o mercado de investimentos, é fundamental que você escolha os melhores ativos, ou sejam, aqueles que melhor adequam-se ao seu perfil.
  5. Efetue a compra: quando já tiver certeza de qual ativo irá investir o seu dinheiro, basta enviar uma ordem de compra, em pouquíssimo tempo o mesmo já estará em sua posse, e o dinheiro na conta do vendedor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *