Empréstimo pessoal: Qual é o banco que tem a menor taxa de juros

Você, alguma vez já sofreu com alguma emergência financeira, mas não possuía o dinheiro necessário para arcar com a mesma? Infelizmente, atualmente, muitos estão despreparados para tais acontecimentos.

Ou seja, a falta de uma reserva financeira faz com que tenhamos que buscar dinheiro em outro lugar. E a melhor alternativa nesta situação, é a solicitação de algum empréstimo que o mercado financeiro tem a oferecer.

Dentre todos os créditos disponíveis, o mais indicado é o empréstimo pessoal, na qual a característica que mais atrai consumidores, é o fato de que o mesmo possui uma rápida e fácil liberação.

Mas antes que possa já solicitá-lo, é importante saber exatamente como o mesmo funciona e qual é o banco que tem a menor taxa de juros. Portanto, para que possa ter essas informações, sugerimos que continue lendo este artigo.

O que é e como funciona o empréstimo pessoal?

Conforme deixamos claro anteriormente, o empréstimo pessoal é conhecido principalmente, por obter não só uma fácil solicitação, mas também uma fácil liberação.

Entretanto, é interessante ressaltarmos que outra característica bastante tentadora do crédito em questão, é que o mesmo pode ser utilizado para qualquer finalidade.

Ou seja, diferente dos demais empréstimos, neste caso você não precisa apresentar uma razão específica ara a utilização do dinheiro, portanto, o mesmo servirá tanto para o pagamento de alguma conta, quanto para a realização de um sonho, por exemplo.

Um empréstimo pessoal, ou também chamado de crédito pessoal, pode ser divido entre três modalidades principais, sendo elas:

1º: Empréstimo pessoal consignado- neste caso, a forma de pagamento diferente, é a sua principal característica.

Em um empréstimo consignado, o pagamento é descontado em folha, oque significa que o mesmo nem chega a ser depositado em sua conta, logo já destinado à instituição que você deve.

O mesmo é solicitado principalmente por aposentados, pensionistas e também, funcionários públicos.

2º: Empréstimo pessoal não consignado- conforme você já pode perceber, neste caso o pagamento não é descontado automaticamente.

Oque significa que você deve se preocupar com questões como o dia de vencimento de sua fatura, caso não queira pagar absurdas taxas de juros.

A sua solicitação é efetuada por trabalhadores formais, autônomos, e também, empresários.

3º: Empréstimo pessoal com garantia- e por último, temos o empréstimo no qual você deve apresentar algum bem de valor, como garantia de pagamento.

Ou seja, caso suas parcelas não sejam pagas, a instituição financeira tomará posse de tais bens, que podem ser por exemplo, o seu carro ou casa.

Portanto, é fundamental ter certeza absoluta que será capaz de arcar com as parcelas, antes de solicitar o crédito em tal modalidade.

Empréstimo pessoal: Qual é o banco que tem a menor taxa de juros

Não há outra maneira de saber qual banco oferece a menor taxa de juros, a não ser pesquisando todas as opções do mercado financeiro.

Entretanto, vale ainda ressaltarmos qe as taxas de juros podem não só variar dependo da situação econômica do Brasil, como também, podem alterar-se a partir da análise de seu perfil.

Por essa razão, o mais indicado a se fazer, antes de já solicitar o empréstimo pessoal, é acessar o simulador de credito de cada uma das instituições.

Assim, você terá acesso as possíveis condições de seu contrato com determinado banco, caso solicite o crédito.

Mas para que a sua busca seja um pouco menos complicada, confira a seguir a média de taxa de juros mensal, cobrada por cada instituição financeira em determinado crédito.

  • BB- Banco do Brasil: 2,84% ao mês;
  • CEF- Caixa Econômica Federal: 3,29% ao mês;
  • Itaú Unibanco: 3,98% ao mês;
  • Banco Santander: 4,13% ao mês;
  • Banco Nubank: 4,23% ao mês;
  • Banco Bradesco: 5,23% ao mês.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *