O que é a taxa Selic

Quando o assunto está relacionado à economia, ou até mesmo, à investimentos, você com certeza já deve ter ouvido falar na taxa Selic, não é mesmo? A palavra em questão, tem como significado, Sistema Especial de Liquidação e de Custódia.

Pode-se dizer firmemente, que a taxa em questão, influencia qualquer outra taxa que será aplicada no Brasil, por essa razão, a mesma é tão importante. Já que o aumento, é algo favorável para alguns, enquanto a baixa, é algo favorável para outros.

A Selic pertence à um sistema administrado pelo Banco Central, no qual são feitas as negociações de títulos públicos federais. A taxa média que é registrada nas operações feitas diariamente, representam a taxa Selic.

Portanto, se você tem mais interesse em saber oque exatamente a taxa Selic é, como a mesma funciona, e também, como pode influenciar na economia do país, sugerimos que continue lendo este breve e explicativo artigo.

O que é a taxa Selic

Conforme ressaltamos acima, a taxa Selic influência em todas as taxas que são aplicadas no Brasil, até porque a mesma, representa os juros básicos da economia brasileira.

E quanto me refiro à todas as taxas, é literalmente, todas, seja a que uma instituição financeira cobra quando solicitado um empréstimo, ou, até mesmo a taxa que um investidor receberá, quando efetuar uma aplicação de seu dinheiro.

A porcentagem da taxa Selic é definida pelo Copom, sigla que significa Comitê de Política Monetária do Banco Central. O comitê em questão reúnem-se a cada 45 dias, para que seja definido se a taxa em questão aumentará, diminuirá, ou então, continuará no mesmo nível.

Hoje, a taxa Selic encontra-se em 2%.

É interessante ressaltarmos que a Selic foi criada no ano de 1979, com o objetivo principal de controlar a inflação (aumento dos preços de produtos e serviços), que na época, esta em um nível de Hiperinflação.

Lembra que há pouco ressaltamos que a variação da taxa Selic pode ser favorável para alguns, enquanto era desfavorável para outros. Portanto, veja só o que isso significa de forma mais detalhada.

  • O aumento da Selic, garante que a inflação não fica muito alta; enquanto,
  • a diminuição da Selic estimula o consumo, ou seja, a inflação está em um nível inferior ao que esperado.

Como a taxa Selic influência na economia do país?

A Selic pode influenciar a economia do país de diversas formas, seja através da inflação, ou em créditos financeiros, veja exatamente como tudo é:

Inflação: conforme o que dissemos acima, quando a taxa Selic encontra-se em um baixo nível, o preços logo caem, portanto, o consumo aumenta. Entretanto, isto não acontece quando a mesma aumenta, oque acaba gerando a inflação, sendo algo bastante negativo, provocando então uma retração na economia.

Créditos financeiros: em relação aos efeitos da taxa Selic em seus créditos financeiros, confira a seguir essa breve explicação:

  • Quando a taxa Selic diminui: os créditos (seja cartão de crédito, empréstimo ou financiamento) tendem à ficar com taxas de juros menores, por isso, ficam mais acessíveis. Já a inflação tende a subir.
  • Quando a taxa Selic aumenta: as taxas de juros de créditos, o parcelamento e também o cheque especial costumam ter uma alta, já os preços costumam diminuir, ou continuam estáveis, devido ao controle da inflação.

Conclusão

Em suma do que foi visto ao decorrer deste artigo, pudemos ver que a Selic trata-se da taxa base para a economia do país, influenciando em todas as áreas financeiras.

A sua variação pode tanto trazer resultados positivos, quanto negativos, ou seja, se a mesma aumenta, os preços diminuem mas as taxas de crédito aumentam, e caso a mesma diminui, o crédito fica mais acessível e os preços aumentam.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *