Para que serve finanças pessoais

O termo “finanças pessoais” está se tornando cada vez mais comum no vocabulário de muitos. Entretanto, você sabe exatamente do que o mesmo se trata. A razão do termo em questão estar se popularizando, se deve pelo fato de que atualmente, as contas já estão se tornando um dos principais motivos do nosso estresse, por isso, é mais que fundamental, controlá-las.

Mas como devo fazer isso? Quais dicas devo levar em consideração? Por onde começo? Se você está perdido em relação à finanças pessoais, sugerimos que continue lendo este artigo. Aqui você obterá as repostas não só dessas perguntas, mas de diversas outras dúvidas frequentes. Portanto, confira.

Finanças Pessoais- Oque é e para que serve?

Conforme já ressaltamos, muitas vezes, a razão de andarmos tão estressado, são as contas. Ou seja, quando não há uma boa saúde financeira, não conseguimos seguir uma vida tranquila, oque afeta diversas áreas do nosso dia a dia.

E é por essa e outras razões, que manter o controle sobre as finanças pessoais, é tão importante.

A razão de muitas vezes nos enrolarmos em tantas contas (gerando a negativação de nossos nomes), se dá por conta de não termos tido no passado, a educação financeira adequada.

Ou seja, temos que adquiri-la por conta própria o mais cedo possível, ou se não, ingressar em um curso qualificador para tal área.

No curso, será abordada questões como oque se trata o termo em questão, coisa que já podemos esclarecer um pouco aqui.

Finanças pessoas de forma básica e geral, trata-se de todas as nossas receitas, que pode vir tanto de algum benefício do governo, quanto de nossos salários.

Manter um bom gerenciamento sobre a mesma, garante diversas vantagens, que em suma, garantem uma vida mais sossegada.

Finanças Pessoais- Como mantê-las organizadas?

Se formos pesquisar, existem diversas dicas e métodos que nos auxiliam à mantermos nossas finanças pessoais organizadas.

Entretanto, para que a sua pesquisa seja um pouco mais simples, separamos algumas dicas que com certeza você deve levar em consideração.

1-) Monte planilhas

A melhor forma de organizarmos nossas finanças é colocando no papel, todas as informações sobre a mesma.

Não necessariamente a montagem de planilhas financeiras devem ser feitas manualmente, vale até ressaltarmos que o uso de aplicativos especializados está se tornando cada vez mais comum.

A sua planilha deve ter como objetivo principal, promover organização de forma eficaz à suas finanças, por isso, é preciso  que insira todos os dados importantes.

2-) Defina quanto você ganha

Uma das informações mais importantes que você deve abordar em sua planilha, com certeza é o quanto você ganha.

Entretanto, o valor que deve ser posto, não deve ser o salário bruto, mas sim o valor já descontado de tudo o que deve ser retirado.

Vale ainda dizermos que suas rendas extras também entram em vigor.

3-) Estabeleça seus gastos

Saber quais são todos os seus gastos, também é outro ponto importante da sua organização financeira.

Com o valor de suas contas, tanto as fixas, quanto as variáveis, você é capaz de analisar se o seu salário está sendo capaz de arcar com todos os gastos, além de você finalmente saber exatamente para onde o seu dinheiro está indo.

4-) Gaste menos

Para que consiga sair do sufoco que é ter várias contas a se pagar, é necessário aprender a economizar.

E agora, com a lista de todas as suas contas, fica mais fácil saber oque você deve cortar.

5-) Reserve

Todos estamos propensos a sofres com alguns acontecimentos inesperados.

Entretanto, para que não haja um grande impacto em nosso bolso, e uma grande desestabilização em nossas finanças, é fundamental termos uma reserva de quantia.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *